Bauru e grande região

11/02/2020 - 03h39

Opinião pública

A Câmara Municipal de Bauru finalmente se alinhou ao clamor da população e abriu duas CEIs, principalmente a da Cohab, para investigar as mazelas e desmandos políticos/administrativos que se abateram sobre dois setores públicos vitais: habitação e saneamento. Alguns vereadores relutaram até o fim, mas assinaram os pedidos, tamanho era o clamor da opinião pública. Em ano eleitoral, não seria nada bom o Legislativo fazer cara de paisagem para estes assuntos.

Responsabilidades

Porém, entre abrir uma investigação e chegar às últimas consequências e apenas fazer uma CEI para dar satisfação à opinião pública há uma distância e uma responsabilidade enormes. Não pensem, aqueles que acham que levarão o processo na flauta, que as pessoas se deixarão enganar por um trabalho burocrático e cosmético. O JC estará de olho vivo e faro fino ao lado dos bauruenses que se interessam pelo futuro político da cidade a cada passo de ambas as CEIs. Bom trabalho, senhores!

De perto

A CEI da ETE já terá a primeira reunião de trabalho hoje, às 11h, chamada pelo presidente da comissão, o vereador Manoel Losila (PDT). Já a CEI da Cohab terá reunião apenas na semana que vem, informa o presidente Natalino da Silva (PV). De cara, já causou estranhamento essa demora de uma semana para a primeira reunião da CEI da Cohab...

Vão monitorar

Os vereadores Coronel Meira (PSB) e Chiara Ranieri (DEM) estavam entre os que assinaram primeiro a CEI da Cohab. Ambos, contudo, se declararam impedidos de participar, por motivos distintos. Os dois já avisaram, no entanto, que acompanharão os trabalhos da comissão.

Dose dupla

Entre os membros da CEI da Cohab está Edvaldo Minhano (Cidadania), que é o único parlamentar a participar das duas comissões especiais abertas pela Casa na tarde de ontem. Na CEI da ETE, Minhano será o relator. Foi ele foi quem liderou o pedido para abertura da comissão.

A sessão

Reunidos em sessão ordinária, os vereadores de Bauru aprovaram dez projetos e cindo moções da Ordem do Dia. Única matéria da pauta que não foi votada consiste na proposta de criação do CMJ - Conselho Municipal de Juventude.

Roubos

O vereador Manoel Losila chamou audiência pública para hoje, às 15h, na Câmara, sobre roubos de carga. Foram convidados a participar caminhoneiros, empresas, as polícias Militar, Civil, Rodoviária e Federal, além de sindicatos, Ciesp e OAB, mais a população.

Ler matéria completa