Bauru e grande região

 

10/09/2020 - 05h00

Na Bolsa

A Prefeitura de Bauru vai contratar a B3 - Bolsa de Valores de São Paulo, para a licitação da concessão da iluminação pública. O prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSDB) já assinou a inexigibilidade de licitação, com valor de R$ 88,1 mil, para que a Bolsa preste o serviço de assessoria técnica especializada, tendo em vista o tamanho da disputa. A sugestão foi acatada após consulta pública. A concessão é estimada em R$ 360 milhões, por 25 anos.

Suéllen

O Patriota fez a convenção para as eleições municipais na noite de ontem, na casa do vice-presidente municipal da legenda, Marcelo Afonso, no Jardim Godoy. O encontro oficializou a jornalista Suéllen Rosim como candidata a prefeita e o médico Orlando Costa Dias a vice. O partido não fará coligações. Dozimar Rosim, pai de Suéllen e vereador em Birigui, prestigiou a reunião.

Herdeiro

Marcelo Afonso, que cedeu sua residência para o encontro, é filho do ex-vereador Salvador Afonso, já falecido. Na eleição passada, Marcelo foi candidato a deputado federal pelo PRP, partido que depois foi incorporado ao Patriota. Ele era o presidente municipal do PRP e, com a fusão, se tornou o vice-presidente do Patriota, que tem Suéllen no comando em Bauru. Leia na pág. 4

Caminhos

O PSB espera definir até o final desta semana qual candidato apoiará. Pelo que a coluna apurou, o partido tem um ala favorável a uma coligação com José Clemente Rezende (Cidadania) e outra quer Sandro Bussola (PSD). O PSB tem ainda alguns filiados que participam do governo do prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSDB) e querem apoiar o atual prefeito na disputa pela reeleição.

Decisão

Há até mesmo a possibilidade, ainda que remota, de o PSB lançar candidato próprio a prefeito. Membros do partido afirmam que a decisão pode ocorrer até amanhã - a convenção está marcada para o dia 14, segunda-feira, às 19h. A decisão deve passar diretamente pelo presidente do partido, Joaquim Mendonça Sobrinho, e pelo deputado federal Rodrigo Agostinho.

Sem coligar

O PT e o PSOL não devem mesmo formar coligação. Apesar de especulações, os dirigentes dos dois partidos afirmam que não ocorreram conversas formais. No PT, Jorge Moura é o pré-candidato a prefeito. Já o PSOL se reorganiza após o falecimento de Roque Ferreira, que era presidente municipal e pré-candidato a prefeito. Renata Ribeiro e Pedro Romualdo estão cotados para a disputa. A convenção será domingo (13), às 9h, em formato virtual.

 

Ler matéria completa