Bauru e grande região

 

14/11/2020 - 05h00

No Calçadão

Muitos candidatos escolheram o Calçadão para fazer campanha neste último dia antes das eleições. Jorge Moura (PT), Sandro Bussola (PSD), Luiz Carlos Valle (Podemos), Suéllen Rosim (Patriota) e Rosana Polatto (PSB) pretendem passar na rua comercial mais popular de Bauru. O candidato Raul Gonçalves Paula (DEM) vai na feira da Vila Souto e panfletará em semáforos também.

Carreatas

Também estão previstas diversas carreatas hoje. Edu Avallone (Republicanos) vai fazer a sua no período da manhã, e à tarde Jorge Moura e Luiz Carlos Valle também realizam carreatas, assim como Sérgio Alba (SD) e Gerson Pinheiro (PDT).

Andando

O prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSDB), candidato à reeleição, pretende ir ao Parque Santa Edwirges, Vila Falcão e Jardim Ferraz hoje. Joaquim Oliveira (Pros) vai ao Jardim Europa e Ferradura Mirim. Rosana Polatto estará na Vila Souto e no distrito de Tibiriçá, e Nelson Fio (PTC) faz campanha na Vila Falcão e Vila Giunta. O candidato Vagner Crusco (PCO) seguirá com panfletagens. A campanha de Renata Ribeiro (PSOL) não informou sua programação.

Em luto

O vereador Sandro Bussola, candidato a prefeito, perdeu a avó paterna no final da noite de quinta-feira (12). Maria Dorigan Bussola morreu aos 91 anos, e o corpo foi sepultado ontem no Cemitério São Benedito, em Bauru.

Ao vivo

Neste domingo (15), o JC e o JCNET farão cobertura especial das eleições. Pela manhã, o JCNET acompanha toda a movimentação dos eleitores, e a partir das 17h a apuração em tempo real, com atualização dos números de Bauru e região e transmissões ao vivo nas mídias sociais, como Facebook e Instagram. Acompanhe!

Sem eleição

Apesar de praticamente todo o País estar mobilizado para o pleito, dois locais não terão eleição, pois não tem prefeito ou vereadores. Isso acontece no Distrito Federal e em Fernando de Noronha. Nestes locais, as pessoas votam apenas a cada 4 anos, para presidente, governador, deputado e senador. Já em Macapá/AP, houve adiamento da eleição por causa da crise de energia.

Valorização

Após o bloqueio de bens por conta da verba do Carnaval, o prefeito Gazzetta fez um vídeo em que defende a valorização da cultura e suas manifestações, inclusive as de caráter religioso. A Liga das Escolas de Samba e Blocos (Liesb) também fez nota e afirma que todo o repasse ocorreu dentro da legalidade, o que será defendido na Justiça.

Ler matéria completa