Bauru e grande região

04/05/2021 - 05h00

CEI da Água

A formação da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que vai apurar o andamento do cronograma do Plano Diretor de Água, contratado em 2014, ficou com uma composição que pode parecer estranha, considerando que a autora do pedido, Chiara Ranieri (DEM), não foi eleita para ser presidente, como se poderia esperar.

Sem problema

Não existe, legalmente falando, nenhum imposição a que outro membro assuma a presidência dos trabalhos da Comissão Especial de Inquérito. Os cargos de presidente e relator são escolhidos entre os integrantes que compõem a comissão, indicados pelos partidos.

Como ficou

No caso da CEI da Água, Chiara indicou o Coronel Meira (PSL) para presidente e Guilherme Berriel (MDB) indicou Estela Almagro (PT). Por 3 a 2, com o voto favorável de Julio Cesar (PP), Estela foi eleita presidente e Guilherme Berriel, o relator.

O Começo

O grupo vai fazer a primeira reunião para o planejamento dos trabalhos hoje, às 10h. As atividades são públicas e serão realizadas no plenário da Câmara, que permanece fechada até o dia 9 de maio, ficando proibida a entrada de munícipes no prédio. Somente vereadores, servidores e jornalistas podem realizar a cobertura dos trabalhos.

Mais uma

Uma nova CEI pode ser instaurada na próxima sessão do Poder Legislativo bauruense, depois de um pedido feito pelo vereador Eduardo Borgo (PSL). Essa pode, em tese, trazer dores de cabeça mais fortes para o Poder Executivo, se consideradas as falas do autor do pedido, após a audiência pública que tratou do assunto, na semana passada.

Destinação

O vereador criticou a destinação que a prefeitura deu aos recursos que recebeu para desenvolver ações de combate à pandemia. Entre os destinos estão o pagamentos de precatórios, floresta urbana; folha de pagamento e Funprev. Vale lembrar que não havia impedimento legal para esses pagamentos.

Quem assinou

Assinaram o pedido de Borgo, até o final da tarde de ontem, além dele próprio, Coronel Meira (PSL), Guilherme Berriel (MDB), Chiara Ranieri (DEM), Junior Lokadora (PP) e Serginho Brum (PDT). Outros vereadores podem subscrever o documento até o dia 10. Já há quórum para apresentação da proposta.

Listagem

O vereador Pastor Bira (Podemos) cobrou agilidade nos trâmites internos do Legislativo de seu projeto que pede a divulgação da lista de pessoas que receberam vacina contra a Covid-19 em Bauru. O vereador acredita que os dados irão contribuir com os trabalhos da possível nova CEI que pretende apurar as ações do governo municipal no combate à pandemia.

Ler matéria completa