Bauru e grande região

05/05/2021 - 05h00

Bate-boca

Ao retrucar críticas que recebeu de Rodrigo Agostinho, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou ontem, durante audiência na Comissão de Meio Ambiente da Câmara Federal, que o deputado federal, após mandato como prefeito de Bauru, deixou uma dívida de R$ 33 milhões, por desrespeito às regras ambientais, referindo-se às ações sobre a chamada Floresta Urbana.

Palanque

"Antes de falar do legado do meio ambiente, cuide de lá do seu município de Bauru, que tem muitos problemas", declarou. Agostinho logo retrucou: "Tome vergonha na sua cara". Salles, então, chamou o deputado de "ambientalista de palanque".

Resíduos

O vereador Mané Losila (MDB), presidente da Comissão de Justiça, Legislação e Redação da Câmara Municipal de Bauru, conduziu a reunião de ontem do colegiado para apresentação dos serviços oferecidos pela SBR (Soluções em Beneficiamento de Resíduos Sólidos) que se adequem a Bauru.

Vencido

Participaram também os vereadores Coronel Meira (PSL), Pastor Edson Miguel (Republicanos) e Pastor Bira (Podemos). O encontro contou ainda com a presença, por videoconferência, dos representantes da empresa de reciclagem de resíduos sólidos. O depósito de resíduos no local atual já ultrapassou o limite adequado e não tem material retirado para o uso.

Análise

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e o Ministério Público entendem a área de depósito como local de aterramento porque o material não é tratado como deveria e não vem sendo retirado para ser considerado como de transbordo e triagem. O colegiado deve analisar o material apresentado pela empresa e encaminhar apontamentos e sugestões às secretarias de Obras e do Meio Ambiente.

Animais

Durante a sessão da Câmara da última segunda-feira (3), foi aprovado em segunda votação o Projeto de Lei 59/2021, de autoria dos vereadores Julio Souza (PP) e Júnior Rodrigues (PDS), que institui a divulgação permanente de dados e imagens de animais desaparecidos ou à disposição para adoção no site oficial da Prefeitura de Bauru.

Democracia

Ao participar na tarde de segunda-feira (3) do evento "Informação como bem público - 30 anos da Declaração de Windhoek", o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, destacou que a democracia é o "lugar do pluralismo, que não tem donos da verdade, e, portanto, tem espaço para liberais, para progressistas, para conservadores, e todos merecem igual respeito e consideração". O evento foi realizado em comemoração ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, celebrado em 3 de maio.

Ler matéria completa