Bauru

07/09/2021 - 05h00

Taxa do lixo

As críticas do vereador José Roberto Segalla (DEM) ao atual governo de Bauru são constantes e novamente ressoaram com a chegada na Câmara da proposta que cria a taxa do lixo, conforme revelado pelo JC no domingo. "Isso vai demandar um tempo e fazer com que a decisão seja tomada no apagar das luzes deste ano. Coisa que a gente vive reclamando, porque é uma situação que nos obriga a decidir, tem que decidir, dentro deste ano, tem pouco tempo e vai ter que decidir...", ressaltou.

Modelos

A demora no envio do projeto, para o presidente Markinho Souza (PSDB), também é algo que vai dificultar o trâmite da proposta de criação da taxa, já que requer análise dos vereadores, o que leva tempo. "Já deveríamos ter discutido pelo menos para saber qual modelo Bauru vai adotar (na destinação final do lixo), porque existem muitos modelos de tratamento de lixo", afirmou.

Exemplos

O presidente citou exemplos de projetos de destinação do lixo que, inclusive, já foram apresentados na Câmara. "Tem gente que faz material de construção, transforma lixo em adubo ou em energia. Então, o que vamos fazer com o lixo era o primeiro ponto, depois o quanto ia custar e depois, sim, propor a criação de taxa".

Participação

A taxa de lixo, aliás, gerou mal-estar e críticas fora da Câmara, já que o Comdema sequer foi convidado a participar das discussões sobre a proposta, mesmo sendo um assunto que é afeito diretamente ao órgão. Por isso, uma reunião que já estava marcada pelo Conselho, e para qual foram convidados Ministério Público e Prefeitura Municipal, vai ter incluída na pauta a nova taxa. A reunião está marcada para a próxima sexta-feira (10).

Nova pauta

O assunto inicial para a reunião seria o rompimento do contrato com a Ascam, segundo a presidente do Comdema, Simony Silva Coelho. Porém, após saber pela imprensa da proposta da taxa, este novo assunto deverá também ser debatido. "O Comdema espera a participação dos convidados, que a gente tenha este diálogo. Quando todos os entes trabalham dialogando juntos é melhor para o desenvolvimento da cidade. Como Conselho mais antigo do país, a gente não pode ficar fora desta discussão", afirmou.

No Vitória

O deputado federal Capitão Augusto (PL) informa em redes sociais que vai estar em Bauru hoje, para o ato público em apoio ao governo Bolsonaro e contra excessos do STF, a partir das 9h30, no Parque Vitória Régia. À tarde, ele estará em São Paulo, na Avenida Paulista, ao lado de Jair Bolsonaro, na manifestação da Capital.

 

Ler matéria completa

×