Bauru

17/11/2021 - 05h00

Gaeco na porta

A ação do Gaeco, do Ministério Público Estadual (MP), que fez buscas na manhã de ontem na casa do ex-vereador Natalino Davi da Silva, o Natalino da Pousada, foi ressaltada pelo vereador Eduardo Borgo (PSL). Na tribuna da Câmara, durante a sessão legislativa, Borgo afirmou que a ação mostra que a operação que revelou desvios de recursos na Cohab ainda está em andamento. "Dá uma esperança na gente, tinha muita gente que achava que tinha acabado, e tenho esperança que mais gente vai acordar com o Gaeco na porta", comentou.

Desdobramento

Segundo a Justiça, Natalino é suspeito de ter recebido pagamento ilícito feito pelo ex-presidente da Cohab Edison Bastos Gasparini. A ação desta terça foi denominada Operação Daemon, um desdobramento da operação João de Barro, deflagrada em 2019, para apurar irregularidades que provocaram desfalques de 2007 a 2019 na Cohab. Na casa de Natalino, foram apreendidos documentos e material eletrônico. Leia na pág. 5.

Pedido rejeitado

O pedido de instalação de uma Comissão Processante (CP) contra a prefeita Suéllen Rosim e o secretário de Saúde, Orlando Dias, foi engavetado após a assessoria jurídica da Câmara dar parecer de que o pedido feria a legislação por pedir a cassação também do vice-prefeito Orlando Dias, que só poderia ser cassado se ocupasse o cargo de chefe do Executivo no lugar da prefeita Suéllen (veja matéria na página 4), e não na função de secretário, de onde só pode ser exonerado.

Antes do relatório

Eduardo Borgo estranhou o fato de o pedido de Processante ter sido protocolado antes da votação em plenário do relatório da CEI da Fundação, que responsabiliza os ex-prefeitos Rodrigo Agostinho (PSB) e Clodoaldo Gazzetta (PSDB) e a prefeita Suéllen no trato com a Fersb. A CEI embasa o pedido de Processante. O relatório será votado no próximo dia 22. "Será que a pressa de cassar a prefeita é tanta que não dava para esperar uma semana?", questionou.

Defesa do governo

Depois do posicionamento de Borgo, que declarou votar contra o pedido de CP, Estela Almagro (PT) afirmou que o colega está se saindo muito bem como líder dos interesses do governo municipal. "Vossa excelência vai ficar muito mais confortável quando assumir a postura de que defende o governo. Isso é defesa de um governo. Você excelência está de parabéns, tem sido incansável...", disse. Ela defendeu o direito do cidadão que apresentou o requerimento da CP e disse que novo pedido pode ser apresentado na semana que vem.

Ler matéria completa

×