Bauru

20/11/2021 - 05h00

Prévia tucana

A política nacional tem importante evento neste domingo - as prévias do PSDB para escolha do candidato do partido a presidente da República. João Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgilio Neto são os candidatos. Em Bauru, tucanos como o secretário executivo de Desenvolvimento Regional, Rubens Cury; o próprio Marcelo Graziani, o vereador Markinho Souza (presidente da Câmara), ex-prefeito Clodoaldo Gazzetta, Arildo Lima Junior, Thaís Viotto, Dra. Nilzete, Carlos Ladeira, Silvia Borges, João Cabral, entre outros, votarão em João Doria.

Fazendo água

Durante reunião da Comissão de Controle e Fiscalização da Câmara sobre a possibilidade de suspensão das aulas por conta da crise hídrica, a vereadora Chiara Ranieri (DEM) cobrou que a Secretaria de Educação identifique as escolas que sofrem com o desabastecimento e amplie a reservação dessas unidades. "Me admira a rede municipal não ter tomado essas providências. Essa gestão sabia que teríamos problemas com a falta de água novamente", opinou Chiara, que é contra nova suspensão das aulas.

"Virou moda"

Chiara citou o exemplo de escolas particulares, que instalaram mais caixas d'água para evitar o desabastecimento no fim do ano, quando o problema de falta de água se intensifica na cidade. E destacou que suspender as aulas novamente significa prejudicar ainda mais o processo de aprendizagem das crianças, que já ficaram muito tempo longe da escola por conta da pandemia de Covid-19. "Parece que está virando moda suspender aula", criticou.

No papel...

Segundo a vereadora Estela Almagro (PT), o colegiado que ela preside vai aguardar as informações oficiais para saber como será tratado, daqui para frente, o problema de falta de caixas d'água nas escolas da rede municipal. Estela criticou o fato de não se ter buscado solução antes. "Ao final de um ano muita coisa ficou no só papel e no discurso e é preciso mudar isso pelo bem da sociedade e da comunidade escolar".

Desabafo

Durante a reunião da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, esta semana, o secretário de Planejamento, Nilson Ghirardelo, desabafou sobre o fato de, até hoje, a gestão pública de Bauru não contar com um setor especializado em habitação. "Absurdo completo não ter setor que cuide de habitação social e nunca ter sido montado, (o assunto) é sempre ligado ao gabinete, e não passa de um governo para outro", lamentou.

Sobre teto

A correção da falha está em andamento, segundo Ghirardelo, que tem trabalhado em um projeto para criar uma diretoria que cuide da área dentro da Seplan. O novo setor seria o embrião para a futura Secretaria de Habitação. O projeto de criação precisa ser aprovado pelos vereadores.

Ato público

Estão previstas para este sábado (20), Dia da Consciência Negra, novas manifestações contra o governo do presidente Jair Bolsonaro. Em Bauru, o ato está previsto para ter início às 9h, na Praça Rui Barbosa. Em todo país, os organizadores da mobilização divulgaram que serão 80 atos em 75 cidades e quatro países.

Ler matéria completa

×