Bauru

24/11/2021 - 05h00

Contestação

Um dia após aprovado o relatório final da CEI da Fundação, a relatora Estela Almagro (PT) questionou, junto à Mesa Diretora a inclusão, no documento, dos apontamentos feitos pelo membro da comissão Coronel Meira (PSL). A relatora contesta o presidente Markinho Souza (PSDB), por não ter aceito, de forma contrária, a inclusão de apontamentos feitos por ela ao relatório da CEI da Pandemia.

Como ficará?

Estela pede para que a Mesa divulgue qual conteúdo do relatório será enviado ao Ministério Público; em qual instrumento interno se encaixa os apontamentos de Meira; qual precedente jurídico foi usado para incluir os apontamentos após aprovação do relatório na comissão e como ficará o rito de votação dos próximos relatórios de CEIs.

Sempre à disposição

Sobre os rumores de que assumiria a presidência do DAE, o vereador Guilherme Berriel (MDB) disse que aceitaria o desafio, a qualquer momento, por ser apaixonado pela autarquia e por acreditar que o DAE pode dar certo, seja como órgão público ou por concessão. Aliás, Berriel confirmou que se colocou à disposição para presidir o departamento antes de assumir seu mandato na Câmara, colocando seu nome à disposição da prefeita Suéllen.

Ajudar a cidade

Para ele, as coisas erradas que percebe na gestão e nas decisões tomadas o impelem a querer ajudar, porém, diz que nunca mais voltou a conversar sobre o assunto com a prefeita. Berriel também confirmou a intenção do MDB em ajudar a cidade, se aproximando do governo, por isso ponderou novamente a possibilidade.

Parada no tempo

Durante a audiência pública realizada nesta terça (23), na Câmara, para tratar do projeto que atualiza a Planta Genérica do município, o secretário de Planejamento, Nilson Ghirardello, voltou a criticar a estrutura e processos da prefeitura. Desta vez, pelo fato de a gestão municipal ainda não contar com sistema de georreferenciamento. Para o secretário, que recentemente criticou o fato de o governo municipal não ter um departamento específico que trate de habitação, Bauru está parada no tempo.

Antecipação, não!

Representantes do Sinserm participam hoje da reunião com a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara para tratar do projeto de autoria da prefeita que muda o regime de pagamento das férias. O projeto de lei 77/21 antecipa o pagamento dos vencimentos do mês de férias dos servidores. Na segunda (22), a prefeitura publicou comunicado para tentar esclarecer as polêmicas em torno do PL. O Sinserm pede a retirada do projeto.

Ler matéria completa

×