Bauru

26/11/2021 - 05h00

Confirma

Com o anúncio de que Orlando Dias deixará a Secretaria de Saúde no final do ano, confirma-se o que o próprio secretário já havia antecipado ao Jornal da Cidade, durante as apurações da CEI da Fersb, de que permaneceria à frente da presidência do Conselho Curador da Fundação apenas até o final de 2021.

Pressão

No entanto, à época, o secretário afirmou que estudava promover mudanças no estatuto da entidade, entre elas o rodízio entre os secretários de Saúde dos demais municípios instituidores e não que abriria mão do seu cargo de secretário. Embora a publicação oficial de seu afastamento afirme que o fato já estava previsto desde o início do mandato, é certo que Orlando esteve pressionado desde então.

'Nas costas'

Nestes 11 meses pesaram os problemas herdados, e olha que não são poucos, além de tudo o que a pandemia provocou, inclusive duas CEIs. O tamanho da pressão ficou claro quando o então calmo secretário ergueu o tom e se desentendeu publicamente com os integrantes da Comissão de Inquérito. Gente próxima a Orlando também garante que ele se cansou de levar 'bolada nas costas'.

Mulheres

Com a confirmação de que a médica Alana Trabulsi Burgo assume a Saúde em janeiro, fica mais feminino o governo da prefeita Suéllen Rosim (Patriota). Alana será a 5ª mulher a assumir cargo de primeiro escalão. Antes dela, foi para a Sedecon Gislaine Magrini e desde o início da gestão estão na mesma esfera Tatiana Sá (Cultura), Ana Sales (Sebes) e Maria do Carmo Kobayashi (Educação).

8 da casa

A troca ainda reduz o número de indicações políticas como ocupantes em cargos de alto-comando. Alana é servidora de carreira, assim como outros sete secretários municipais. Além da Cultura e da Sebes, as secretarias de Administração, com Everson Demarchi; Finanças com Everton Basílio; Administrações Regionais, com Jorge Luis de Souza; Esportes e Lazer, com Flávio Oliveira, e Agricultura e Abastecimento, com Jorge Abranches, são comandadas por concursados.

'Para todos'

Sobre uma nota publicada ontem na coluna, o Fundo Social de Solidariedade informa que não enviou cartas a servidores pedindo doações para a campanha de Natal. Foram enviados ofícios convidando os secretários e suas equipes a participarem da campanha 'Natal Para Todos'. O Fundo Social lembra que todas as doações são espontâneas, tanto por parte dos servidores como da população.

O vai e vem

Às 22h30 de ontem, o nível da lagoa de captação do Rio Batalha estava em 3,02 metros. Com o local mais cheio, anteontem, o DAE já decretou retorno do rodízio. Se não choveu durante esta madrugada, como ficará hoje?

Ler matéria completa

×