Bauru

04/05/2022 - 05h00

Troca?

Nos bastidores políticos, comenta-se que o diretor da Divisão de Ensino às Artes da Secretaria de Cultura, Thiago Rodrigues, o Thiaguera, será substituído pelo ator e cantor da banda Bandu Capital, Paulo Campos, que atualmente trabalha na assessoria de imprensa da Prefeitura de Bauru. A troca não foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (3), mas os rumores são fortes na classe artística.

Cobrança

A classe artística foi um das mais afetadas pela pandemia, sendo que ainda atualmente sofre as consequências da crise sanitária. Grande parte dela não digeriu o contingenciamento de R$ 1,4 milhão feito pelo Executivo, em meados do ano passado. De acordo com a prefeitura, parte do valor seria destinado ao combate da Covid. A pasta segue cobrada a propor ações que possam contemplar o segmento.

Orçamento

O Executivo encaminhou ao Legislativo projeto a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que vai dar as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2023. A LDO tem amplitude macro em relação aos orçamentos da administração direta e indireta e é apresentada em audiências públicas realizadas na Câmara, antes de ir ara votação. Agora, os vereadores terão prazo para discutir a LDO, que serve como braço do Plano Plurianual, estabelecendo os gastos para 4 anos, e orienta a LOA, que conta com mais detalhamentos de como serão aplicados os recursos.

Branemark

A decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo reformando a decisão de primeiro grau que condenou o Instituto Branemark à reparação civil e pagamento de multa à Prefeitura de Bauru, e decidiu contra a prefeitura que terá que indenizar o instituto pelas obras realizadas, foi ressaltada por alguns dos vereadores durante a sessão da Câmara desta segunda-feira (2).

Forma errada

Chiara Ranieri e Coronel Meira, ambos do partido União Brasil, foram dois que concordaram com a reviravolta do caso, assim como Mané Losila (MDB). Os vereadores elogiaram o trabalho que era prestado pelo instituto e criticaram a forma como a prefeitura agiu, no governo passado (Clodoaldo Gazzetta), desde que passou a questionar o número de atendimentos gratuitos prestados à população carente.

Rodando

A equipe de hidrometria do DAE realizou a substituição de cerca de 1.564 hidrômetros desde março na região do Jardim Bela Vista. A autarquia terá condições de fazer as medições adequadas e de contabilizar o consumo real após 60 dias da finalização das trocas dos equipamentos no bairro, que tem previsão para final de junho?

Ler matéria completa

×