Bauru

23/06/2022 - 05h00

Na Justiça

Surgiram informações ontem à noite, não confirmadas até o fechamento desta edição, de que a prefeita Suéllen Rosim (PSC) estaria acionando a Justiça para tentar anular, liminarmente, a decisão da Câmara Municipal pela instalação de Comissão Processante (CP). Com advogado particular, a prefeita tentaria provar que houve erro de formalidade no pedido e votação. A Justiça não entra no mérito da discussão, mas se houver erro de encaminhamento, pode ocorrer a anulação do ato.

Fervendo

Enquanto isso, segue fervendo nos bastidores o resultado da sessão de segunda-feira da Câmara. Principalmente a reviravolta no voto do vereador Pastor Bira (Podemos), ocorrida durante a votação que determinou a abertura da CP. Lideranças do grupo situacionista já mapearam boa parte dos fatos e agora começam a trabalhar para que situação semelhante não ocorra nas próximas votações da CP.

Gelando

Ainda ontem, após a volta de Suéllen de Brasília, houve uma reunião para avaliar o quadro que se formou com a instalação e as primeiras decisões da Processante. A prefeita tem sido aconselhada a analisar a situação com muita frieza, sem rancor, para que o encaminhamento da defesa do governo não complique ainda mais um quadro que, se não é desesperador, é preocupante. CP é diferente de CEI. Bem mais imprevisível...

Já é público

É praticamente oficial a pré-candidatura da mãe da prefeita Suéllen Rosim (PSC), Lúcia Rosim, a deputada estadual. Isso porque no evento realizado pelo Grupo Pecuária Brasil (GPB) na Assenag, ontem, ao anunciar os nomes dos pré-candidatos à Assembleia Legislativa, o interlocutor citou Lúcia Rosim como um dos quatro que devem concorrer a uma vaga de deputado estadual, além do ex-ministro Ricardo Sales, que é pré-candidato a deputado federal.

O avião

Ontem, logo após o programa Cidade 360º, na 96FM, uma roda de conversa se formou e um assunto chamou a atenção: a limpeza do avião Bandeirante BEM-110, doado pela Força Aérea Brasileira, que se tornou, em 2016, um monumento permanente da Praça Duarte Silva, na região da Vila Aviação, em Bauru.

Limpeza

O avião veio à tona porque um dos interlocutores, o conhecido músico Magrão Lopes, falou sobre a necessidade, já reivindicada por ele em outras esferas, de uma lavagem/limpeza naquele que é o protótipo de um marco da aviação brasileira, cujo projeto teve a liderança do bauruense Ozires Silva, 'pai' da Embraer. Fica a sugestão: limpar o avião, ainda que para isso precise de algum cuidado e produto diferenciados.

Ler matéria completa

×