Bauru e grande região

Tribuna do Leitor

Jurandyr: Em nome de seus professores

12/02/2009 - 07h00

O Jurandyr foi aluno do Instituto de Educação Ernesto Monte nas décadas de 50/60. Nessa época, o instituto já possuía um corpo docente de primeira linha e foram seus professores Carlos Gomes Peixoto de Mello, José de Morais Pacheco, Petrônio Lourenço Dias, Prosperina de Queiroz, Isaac Portal Roldán, José Dimas Ribeiro, já falecidos. E entre os vivos estão a Cleide Mazarolo Canova e eu, aqui em Bauru (desculpe se esqueci algum). Queremos nos despedir de um aluno especial, do Científico, classe do Orestinho Miraglia, do Ronaldo Zulian, do Laertel Fernandes Fassoni, do Quico Marques, da Maria Abadia Medeiros e muitos outros...

Sempre visitava o prefeito Dr. Nuno de Assis (ex-professor de geografia do Gymnasio do Estado) para conversar...Um dia demonstrou seu interesse em dar a Bauru um Plano Diretor e perguntou-me o que achava entregá-lo ao brilhante aluno da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, Jurandyr Bueno Filho.

Concordei plenamente com o prefeito e nasceu o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (pelo SERFAU), para o qual colaborei e prestei serviços no início do Período Franciscato. Assim, o Jurandyr havia disparado a “Era Feliz” de 14 anos: somando-se a Edmundo Coube (foi seu vice-prefeito) e Oswaldo Sbeghen.

Quando fui fazer a pós-graduação, coordenada pelo Prof. Dr. Dirceu Lino de Mattos, participei de um curso com meu ex-aluno, em Planejamento Urbano, tanto é que a minha tese de doutoramento foi desenvolvida em geografia urbana, por influência dele... No sobradinho da Araújo, conversávamos muito sobre geografia, Bauru e seus planos... Visitem Bauru, Cidade Sem Limites, de Terezinha Casalecchi (uma obra de arte sobre a cidade), onde encontrarão belíssimos slides das obras de Jurandyr.

Ele tinha muitos planos para “sua Bauru”, que podem ser levados à frente e, para tal, confio noutro ex-aluno da época: José Roberto Segalla (que também é engenheiro). Tenho certeza, como professor de geografia e história, que é Bauru antes de Jurandyr e Bauru depois de Jurandyr (aliás, dizia isso para ele em vida). As despedidas são tristes, mas seus professores estão certos de que cumpriu o aprendido nas escolas freqüentadas.

Muricy Domingues é professor aposentado de geografia e história

Ler matéria completa