Bauru e grande região

Tribuna do Leitor

O que é o esporte amador?

17/02/2009 - 07h00

Amador, em seu sentido mais comum, significa aquele que ama o que faz. Trazendo para o esporte, é aquele que pratica determinada modalidade pelo amor, pelo prazer e, principalmente, no Brasil, com a grana do próprio bolso. Ou seja, você pode praticar o esporte que quiser, desde que arque com isto.

O Javalis Rugby Bauru participa de campeonatos estaduais desde 2001, representando, e bem, não somente a nossa modalidade, como também a nossa cidade. Sempre arcamos com nossas despesas, desde uniforme até transporte. Somos estudantes-atletas, advogados-atletas, engenheiros-atletas, psicólogos-atletas, professores-atletas, entre outros. Vocês já devem ter nos visto treinando no Anfiteatro Vitória Régia, geralmente no horário da noite.

Neste ano, nosso campeonato mudará de formato e passará a exigir no mínimo 25 jogadores, e já percebemos que teremos dificuldade para enviar jogadores para disputar campeonatos, pois muitos possuem renda baixa e/ou ainda são estudantes. Então, procuramos a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) em Bauru para que pudéssemos usar de alguma estrutura já disponível, tanto para treino (campo gramado com as mesmas dimensões de um campo de futebol) quanto para transporte (van ou microônibus para 25 a 30 atletas para cidades do Interior e até de outros Estados).

Infelizmente, em nossa cidade, somente é considerado esporte amador pela Semel as modalidades que participam de campeonatos regionais, como Jogos Regionais e Jogos Abertos do Interior. Assim, a estrutura de que precisamos para treinar e competir durante o ano todo fora de Bauru fica reservada, e até comprometida ao longo do ano, para campeonatos amadores municipais, pelos mesmos esportes de sempre, simplesmente por que estes representam Bauru em campeonatos de curta duração. Quinta-feira passada houve eleição para escolha de representantes das modalidades perante a Secretaria de Esportes, para posterior formação do Fundo de Assistência a Modalidades Amadoras de Bauru (Fama), e, infelizmente, o rugby ficou de fora, pois para a Semel de Bauru o rugby não é uma modalidade amadora.

Dizem que o esporte amador não existe mais, pois tudo se tornou uma busca pela alta performance conseqüente de profissionalismo. Haja visto o basquete de Bauru, que participa de campeonatos federais, tem patrocínios, que possui atletas assalariados e mesmo assim ainda se considera esporte amador, pensando nos fundos do Fama. Nós, representantes do rugby em Bauru e região, seguimos treinando no parque e mantendo viva esta chama, com ou sem apoio, pois é esta a idéia de quem pratica uma modalidade por amor.

Em tempo, se alguém puder, e quiser, contribuir de qualquer maneira, seja cedendo um campo em uma chácara de fim de semana, confeccionando o uniforme, ou, até, financeiramente, favor fazer um sinal de fumaça, porque, sinceramente, não sabemos mais onde buscar apoio.

André Lennon Lini Rafael, presidente Javalis Rugby Bauru, estudante de engenharia mecânica - Unesp Bauru

Ler matéria completa