Bauru e grande região

 
Tribuna do Leitor

Bom exemplo

por Luciana Dias Duarte Falcão (oficial de Justiça)

21/05/2020 - 06h00

Nestes tempos de pandemia em que muita gente vive se lamentando e criando confusão, inclusive entre parte do setor privado, autoproclamado empreendedor e produtivo, um bom exemplo nos chega do setor público - da Justiça.

Na Comarca de Peruíbe, a juíza Danielli Grandinetti transformou o Fórum da cidade em base de arrecadação e distribuição de cestas básicas e material de EPI. Solidários à iniciativa, os servidores se revezam na organização. A ação conseguiu envolver membros de outros poderes e a própria sociedade civil.

E esse gesto de solidariedade não é um fato novo ou isolado dentro do Judiciário. Aqui mesmo em Bauru, há mais de dez anos alguns servidores criaram e custeiam a ONG Sementes do Bem, destinada a propiciar estudo de alto nível para crianças oriundas de família de baixa renda.

Vale lembrar que esses servidores realizam essas ações solidárias no seu tempo de folga, vez que, apesar da pandemia, continuam trabalhando no sistema remoto (home office), garantindo o andamento da Justiça.

Como se vê, as soluções para os problemas da sociedade não estão em belos discursos, em mensagens de Twitter e WhatsApp ou em grandes carreatas "patrióticas" de apoio ou protesto.

As soluções nascem de ações coordenadas e participativas que transformam pequenos gestos de amor e solidariedade cristã em atitudes concretas.

 

Ler matéria completa