Bauru e grande região

 
Tribuna do Leitor

Contrassenso

por Humberto Schuwartz Soares

30/06/2020 - 05h00

Apesar da Covid-19 estar fragilizando pessoas e as finanças brasileiras, ainda não caiu a ficha no Supremo Tribunal Federal e no Congresso de que é preciso economizar e preservar vidas.

Na contramão, os dois poderes insistem na dispendiosa eleição municipal em 2020 que, no mínimo, consumirá R$ 2 bilhões (equivalente a seis Mega Sena da Virada de R$ 333 milhões) e aglomerações disseminadoras da pandemia que assola o Brasil.

 

Ler matéria completa