Bauru

Tribuna do Leitor

A história perde com a partida de João Francisco

por Antonio Pedroso Junior, o Chinelo.

10/06/2021 - 05h00

O último 7 de junho foi triste demais, com a notícia da partida do professor João Francisco Tidei de Lima, um gigante dedicado à história. Era sempre agradável conversar com o professor, um eterno entusiasta na preservação de nossa história. Por ironia do destino, a última vez que conversei pessoalmente com ele estava em companhia de seu compadre Rubens de Souza, o Rubão, e, como sempre, ouvir o João era prazeroso.

Com certeza esta conversa não se repetirá, pois ambos partiram deste plano espiritual. No final de maio, liguei para o professor.

Nelo, um amigo de Sorocaba, está escrevendo um livro sobre o futebol em Votorantim e solicitou que procurássemos a ficha técnica do jogo BAC x Votorantim, pelo Campeonato do Interior de 1946. Com sua natural presteza, no dia seguinte, menos de 24 horas depois de nossa conversa, a ficha estava em meu e-mail. C. A. Votorantim 2 x Bauru A.C. 3. Árbitro: Pedro Calil - FPF. Arrecadação: Cr$ 10.000,00

Gols: Moacir (dois) para o CAV;

Vicente, Biguá e Serrano para o BAC

Equipes: CAV: - Lira, Silas e Djaniro; Jacob, Santo I e Celso; Moacir, Alfredo, Orlando, Mickey e Baiano.

BAC: - Zinho, Borracha e Gino Bacci; Biguá, Pedrinho e Dinho; Ditinho, Serrano, Dondinho, Vicente e Demais.

BAC campeão de 1946 e o CAV em 3º.

Assim era o João. Amigo, prestativo e que sempre estava pronto a compartilhar as informações que possuía. Não fará mas, sim, já está fazendo muita falta.

 

Ler matéria completa