Bauru

Tribuna do Leitor

Inexplicável

por Rafaela Rosa

24/11/2021 - 05h00

Deve existir um motivo específico para certas coisas não acontecerem. São portas que não se abrem, pessoas que não aparecem, oportunidades que ameaçam chegar, mas nunca chegam.

Buscamos maneiras de solucionar as coisas, de ficar mais perto do que desejamos e muitas vezes temos a sensação de que cada passo à frente nos coloca uma posição para trás.

Aqueles que carregam o "nózinho" no peito já devem ter desistido dos conselhos positivos e das terapias alternativas, que em alguns casos não representam nada mais do que uma grande furada.

Entram semanas, saem meses e tudo parece estagnado!

Não há banho de mel com canela que resolva ou mantra que seja capaz de realmente promover uma mudança significativa.

Depois de tentar de tudo, de mudar tudo o que parecia ser inconveniente, você já não tem mais forças de buscar soluções. Compreender que quem quer sempre arrumará um jeito e quem não quer sempre terá uma desculpa, reforça a sensação de revolta. Talvez, alguns de nós oscilem entre ódio e tristeza, mas o próximo sentimento será a apatia.

Até seu professor que parece não ter coração será mais otimista que você! Logo ele, que treinou sua mente para ser cascuda e disse que você precisava ser mais forte, sentirá que sua apatia já passou dos limites e que você tem que reagir.

Mas você já cansou de dar murros em pontas de faca, ligou aquele famoso "botãozinho" e deixou a frieza congelar o resto de ilusão que ainda fazia você achar que a vida deveria ser melhor. Há motivos para as coisas que acontecem, há circunstâncias inexplicáveis que deixam claro que há razão para as coisas que não acontecem.

Quem sabe, a vida só queira deixar claro que esse não é seu caminho, lugar ou momento, e que toda essa decepção só esteja sussurrando baixinho: "junte os cacos, siga em frente e busque algo melhor".

Ler matéria completa

×