Bauru

Tribuna do Leitor

A história do lixo

por Juh Hunzicker Amaral

05/08/2022 - 05h00

Na idade média, a ideia de lixo eram os resíduos produzidos por humanos como fezes, urina e água suja, e eram descartados a céu aberto. Muitas doenças eram proliferadas por causa dessas atitudes.

O lixo só passou a ser um problema na revolução industrial. Com o crescimento das cidades, houve então um aumento da quantidade e uma diversificação de sua composição.

Por descarte incorreto, poluição das águas e do o solo, o lixo virou questão preocupante e vários estudos foram desenvolvidos para buscar soluções para proteger o meio ambiente e a saúde da população.

A reciclagem se fortaleceu no mundo a partir dos anos 80 e a Alemanha se tornou o país que mais recicla no mundo. O governo investiu em um sistema visando a diminuição de consumo de papel, plástico e metal.

Questões importantes são discutidas entre os países que buscam soluções para que o excesso de lixo não agrida e contamine o meio ambiente. Existem campanhas sobre como reciclar e consumo responsável. Mas ainda vemos problemas recorrentes como falta de incentivo público para a reciclagem em grande escala.

No Brasil existem cooperativas especializadas em reciclagem, mas ainda vemos pessoas sobrevivendo do que encontram em lixões.

O fato é que lixo acumulado causa mau cheiro, atrai animais e gera doenças. Coleta de lixo regular e a reciclagem são questões eminentes se quisermos viver em um futuro saudável.

 

Ler matéria completa

×