Bauru e grande região

 
Reunião de pauta

A Covid e o Natal: no mínimo, diferente

19/12/2020 - 18h58

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que o ideal para estas duas semanas que vamos vivenciar nesta reta final de 2020 é que as famílias não se a glomerem em festas e ceias, para evitar o contágio do coronavírus. Que se dê preferência aos núcleo familiar – pai, mãe e filhos, basicamente. Mas como enfrentar esse dilema, justamente nós, um povo que gosta de encontros e confraternizações? Jornalistas discutem o assunto. Ouça!

Ler matéria completa